segunda-feira , 19 Fevereiro 2018
Home / Cidades / Vigilantes podem continuar paralisação no Sertão de Pernambuco

Vigilantes podem continuar paralisação no Sertão de Pernambuco

              Nesta quinta-feira (08), acontece uma nova rodada de negociação entre o Sindicato dos Vigilantes do Estado de Pernambuco (SINDESV-PE) e as empresas de vigilância em Petrolina, e caso não haja acordo, a paralisação realizada nesta quarta seguirá.

Algumas agências bancárias ficaram sem funcionar nesta quarta-feira (07), nos municípios de Petrolina, Salgueiro e Serra Talhada devido à paralisação de advertência de vigilantes. A mobilização foi convocada pelo Sindicato dos Vigilantes do Estado de Pernambuco (SINDESV-PE), que está com campanha salarial em andamento.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Petrolina, Laécio Vasconcelos, duas rodadas de negociação já foram realizadas com as empresas de vigilância e nenhum acordo foi firmado até o momento.

Laécio afirma que as empresas querem tirar todos os direitos conquistados na convenção coletiva, com o pretexto de que a categoria siga a nova lei trabalhista, mas os vigilantes não aceitam porque a lei também diz que o negociado prevalece sobre o legislado.

A categoria pede 7% de reajuste no piso base, que hoje é de R$ 1.109,00; aumento do vale alimentação de R$ 18,00 para R$ 23,00; mantimento da jornada de 12 horas por 36 e intrajornada de 1 hora de descanso para almoço. Os vigilantes também reivindicam que a homologação do acordo coletivo continue dentro do sindicato e não nas empresas.

Veja Também

Maia e ministro da Defesa discutem intervenção no Rio

                  O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *