segunda-feira , 19 Fevereiro 2018
Home / Destaque / Sintepe lança campanha salarial 2018 e apresenta estudo sobre remuneração média dos servidores

Sintepe lança campanha salarial 2018 e apresenta estudo sobre remuneração média dos servidores

                Com a temática “Piso e Carreira. Vale a Luta”, a Campanha Salarial Educacional 2018 do Sintepe (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco) foi lançada nesta quinta-feira (01). A mobilização traz em seus argumentos a importância da atualização do piso salarial dos professores com repercussão na carreira do magistério.

Em entrevista coletiva no Recife, o presidente do Sintepe, Fernando Melo, explicou como foi idealizada a campanha. “O Sintepe idealizou a Campanha com a representação de pais, mães, estudantes e trabalhadores e trabalhadoras em educação, todos juntos pela valorização do Piso do Magistério com repercussão durante toda a Carreira. Acreditamos que essa bandeira de lutas será uma alavanca para melhorarmos a qualidade da educação em nosso Estado”, disse.

Subsidiado por dados do Portal da Transparência do Estado de Pernambuco, o Sintepe realizou um estudo sobre a remuneração média dos servidores efetivos durante o quadriênio 2014 a 2017, das secretarias de Educação, Saúde, Defesa Social, Fazenda, Planejamento e Gestão. “A análise permite avaliar a política salarial direcionada aos servidores públicos e quais são as prioridades da gestão”, comentou Melo.

O estudo do Sintepe demonstrou que em quatro anos a remuneração média dos trabalhadores em educação subiu em um percentual de 8,6%, acima da média somente dos trabalhadores da Saúde, cujas remunerações evoluíram 7%. Por outro lado, os salários dos servidores da Secretaria de Planejamento e Gestão cresceu 49%. Ainda conforme o estudo, os servidores mais bem pagos estão na Secretaria da Fazenda, com média salarial de R$ 27.768,00.

O Sintepe convocou a categoria para uma assembleia geral no dia 22 de fevereiro, a partir das 9h, no auditório do Bloco G da Universidade Católica de Pernambuco. Serão avaliados na oportunidade os rumos da mobilização dos servidores.

Veja Também

Maia e ministro da Defesa discutem intervenção no Rio

                  O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *