segunda-feira , 19 Fevereiro 2018
Home / Cidades / Polícia prende mototaxista e presidiário acusados de feminicídio em Arcoverde

Polícia prende mototaxista e presidiário acusados de feminicídio em Arcoverde

                A Delegacia de Arcoverde, em operação desencadeada na tarde desta quinta-feira (25), cumpriu Mandados de Prisão Preventiva expedidos pela Vara Criminal local, em desfavor do presidiário José Ivan Ferreira de Barros, vulgo “Van Cabeção”, 27 anos e do mototaxista Valdi da Silva, o “Bibi”, 31 anos, acusados pelo feminicídio que vitimou Edjane da Silva.

A vítima foi alvejada em frente a sua residência, situada na Rua Carlos Felipe, 153, na Vila do Presídio, na noite do dia 29/12/2017, vindo a falecer dois dias após no Hospital da Restauração onde foi hospitalizada em virtude dos ferimentos. A investigação apontou que o crime ocorreu em virtude de uma suposta traição que Edjane teria cometido contra o presidiário, com quem a vítima se relacionava a pouco mais de um ano.

Segundo testemunhas, o mototaxista foi quem transportou o atirador até a casa da vítima na noite do crime, quando a placa de sua motocicleta foi anotada por populares, o que permitiu aos investigadores sua identificação.  Conforme já apurado, os envolvidos também tinham ligação com o tráfico de drogas na área.

O delegado Henrique Paiva, que comandou a operação, informou que um aparelho celular foi apreendido na cela onde José Ivan estava recolhido no PABA, durante revista realizada com o apoio dos Agentes Penitenciários, sendo o possível aparelho usado pelo detento para dar a ordem para execução da vítima e para a prática de outros delitos. Os investigados irão aguardar o término das investigações recolhidos no Presídio Advogado Brito Alves.

Veja Também

Maia e ministro da Defesa discutem intervenção no Rio

                  O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *