domingo , 21 Janeiro 2018
Home / Sem categoria / Arcoverde: Secretaria de Saúde corre para pagar servidores e emite nota distorcida

Arcoverde: Secretaria de Saúde corre para pagar servidores e emite nota distorcida

               Após atrasar o pagamento dos salários dos servidores da saúde, a Secretaria de Saúde de Arcoverde correu contra o tempo para amenizar o desgaste junto aos funcionários e à sociedade e pagou os vencimentos de dezembro no dia 11 de janeiro, quando deveria ter pago até o quinto dia útil do mês, ou dentro do próprio mês como recebeu do governo anterior, e ainda divulgou nota para descredenciar a notícia dada anteriormente por este site. A verdade da notícia é que os salários estavam atrasados.

Em nota divulgada e assinada pela senhora Andreia karla Santos Britto, Secretária de Saúde, lançada hoje nas redes, sites e blogs, a secretaria diz que a notícia do atraso nos salários foi “falsamente divulgada”. A comprovação e a veracidade da notícia é tanto que somente ontem, dia 11 de janeiro, os salários foram pagos. Essa é a verdade da notícia, não a propagada pela excelentíssima secretária que em nota enviada via WhatsApp a dezenas de servidores reconheceu os salários atrasados e afirmou somente em data posterior ao dia 10 seria feito o pagamento.  Veja abaixo a nota da Secretaria enviada na quarta-feira, dia 10 de janeiro, aos servidores:

“Como todos sabem, nós vínhamos com saldos bem apertados e a folha do décimo desordenou o pagamento do salário do mês. Tenho tentado resolver a situação, porém o recurso não chegou ainda. Peço a compreensão de todos e logo que tivermos o recurso em conta pagaremos a vocês. Tive a informação hj á noite que o lançamento da OB PAB pelo FNS foi hj, amanhã confirmarei no sistema. Se realmente aconteceu teremos 3 dias úteis para o dinheiro entrar na nossa conta. Manterei vcs informados”.

Mas nem todos os servidores receberam seus salários na Secretaria de Saúde. Os contratados ainda não viram a cor do salário e até mesmo servidores efetivos, concursados, a exemplo de alguns odontologistas, ainda não viram a cor do dinheiro que a Secretária disse tão enfaticamente em nota que já tinha pago a todos.

Na nota a Secretária de Saúde diz que o trabalho não para, mas na farmácia municipal há meses que os pacientes diabéticos não encontram as fitas de diabetes que deveriam estar sendo fornecidas gratuitamente. Não bastasse isso, a Secretaria de Saúde entregou um prédio em que estava instalada devendo vários meses de aluguel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *