quarta-feira , 21 Fevereiro 2018
Home / Cidades / Arcoverde: A Burra dá adeus ao Carnaval sob o silêncio da Prefeitura e da Secretaria de Cultura

Arcoverde: A Burra dá adeus ao Carnaval sob o silêncio da Prefeitura e da Secretaria de Cultura

                Após 16 anos de muita folia, irreverência, alegria e muita festa, o Bloco carnavalesco “A Burra” não vai desfilar este ano. Uma das tradições do Carnaval de Arcoverde chora na avenida por falta de apoio e patrocínio da prefeitura para a realização do evento que mobiliza toda a juventude e os foliões pela diversidade cultural que marca a festa.

Na nota oficial, os organizadores da Burra até foram educados e disseram apenas que “Um dos maiores e mais bonitos blocos de rua de Arcoverde, estaria completando 17 anos. Estaria. Este ano “A Burra” não brilhará por falta de patrocínio e por puro descaso de quem pode e deveria ajudar a manter uma tradição tão bonita. A folia está de luto”.

Criado em 2002, ainda no Governo Rosa Barros (PR), o bloco nasceu da vontade do seu idealizador, Benjamin, que colocou na rua um grupo de amigos puxado pela Burra que simbolizava o pequeno bloco. Já em 2003, quando foi criada a Folia dos Bois, o bloco começava a receber subvenções do poder público. Passado o governo Rosa, no governo Zeca Cavalcanti o pequeno bloco de amigos tornou-se num grande evento que marcava a semana pré-carnavalesca de Arcoverde, passando a contar com estrutura de palco e som profissional, toldos e banheiros químicos. Era a estrutura oferecida pela prefeitura e que tem à disposição através de licitação. Somente no ano passado, a prefeitura gastou mais de R$ 500 mil com aluguel de som.

No ano passado, a festa da Burra só aconteceu após pressão de internautas e fazedores de cultura que cobraram da prefeitura. Já este ano, quando completaria 17 anos, o Bloco já anunciou que a Festa da Burra sucumbiu à falta de apoio e patrocínio. Até o momento nenhuma nota foi lançada pela Prefeitura ou mesmo pela Secretaria de Cultura para justificar a falta de apoio, menos a crise, já que vão gastar R$ 4,2 milhão com aluguel de carros.

Paralelamente, a prefeitura veicula em seu site oficial que “Apoia o Baile Azul e Branco promovido pelo Sesc. Os ingressos já estão sendo vendidos na segunda-feira. O evento será realizado no Salão de Festas da Unidade, a partir das 22h, e vai contar com a animação da Orquestra Perfil. O ingresso custa R$25 para comerciários e dependentes e R$50 para o público geral”. Um evento pago, diferente da Burra que é aberto à toda a população e foliões.  

Com certeza a manchete que melhor traduziu a ação da prefeitura, na realidade, a falta de ação da prefeitura ao não apoiar a realização da Festa da Burra foi traduzida pela coluna do site Roberto e Romero: “Sem apoio, Burra de 17 anos, morre em Arcoverde”

Veja Também

Violência: Três jovens mortos a tiros em Cabo do Santo Agostinho

                   Três jovens foram assassinados a tiros, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *